07/03/2011

Fui um sorriso? Um gesto? Uma palavra? O que fez com que eu me apaixonasse por você? Nem eu sei ao certo dizer, só sei que aconteceu, no meio de nossas conversas eu comecei a sentir ciúmes das meninas e dos meninos com você. Percebi que sentia falta das nossas conversas, e que quando você pedia para ficar comigo eu dizia não, desejando do fundo do meu coração dizer sim
Quando fecho meus olhos consigo ver teu rosto, seu cabelo naturalmente abagunçado, seu sorriso encantador, seus olhos fofos, seu nariz pequenininho, e essa visão de você linda, sorrindo me faz querer continuar a lutar por tudo que sonhamos, porque eu não agüentaria não ter você ao meu lado, eu preciso dessa imagem sempre comigo. Preciso de você sempre comigo mesmo que distante, pois eu tenho nossos momentos impregnados em minha mente e sempre que sinto sua falta fecho meus olhos e lembro-me de cada sorriso, de cada risada, de cada momento ao seu lado.
Segure bem firme a minha mão, pois tendo suas mãos junto as minhas eu sei que posso lutar contra tudo.
Abrace-me, nos seus braços nenhum mal pode me atingir.
Acaricie-me, seu toque me faz voar.
Beije-me, encoste levemente seus lábios em mim e assim me faça ver as estrelas mesmo com o sol ainda brilhando.
Traga-me o brilho da lua em seus olhos e o cheiro das flores em tua pele, o gosto do amor em seus lábios, a seda em teu toque e a mágica em seu coração, transforme meu mundo no sonho mais lindo e me mostre tudo o que ainda não vi.
Em teus braços eu me encontro mais uma vez perdidas em pensamentos sobre você, teus olhos, tuas cores, teus gestos, tudo que me inspira a escrever. Não me canso nunca de em minhas linhas e em meus versos elucidar meu amor por você. Meus olhos buscam instintivamente por ti nas multidões, meu corpo deseja o seu, minhas mãos procuram por seu rosto para depositar ali um carinho.
Aos dias que fico sem ti só tenho uma coisa a dizer: “vocês irão passar”, pois nada irá me separar de ti, podem se passar dias e dias, mas eu sempre esperarei a bendita hora em que jamais te deixarei ir embora. Dia em que te terei você aqui sempre comigo, que poderei dormir todas as noites agarradinhas a você, que poderei te chamar de “minha esposa”, minha você sempre será minha.