16/01/2012



Eu odeio quando isso acontece, quando a inspiração vêem, quando as palavras se encaixam perfeitamente e eu não tenho um papel para anotar as historias que me vêem a cabeça, as personagens que surgem, em minha mente tão confusa, elas vêem brincam e se vão, e quando tento busca-las novamente nunca voltam como eram, perfeitas só naquele momento...
E depois eu fico tentando relembrar o que havia imaginado, qual aventura, qual romance eu iria viver, mas não consigo,  e desisto, aceito que elas só querem existir na minha cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário